Bem estar

Os novos acessórios de viagem de Marie Kondo já estão esgotados


Cuyana

Bem a tempo da limpeza da primavera, a mulher responsável por mudar a maneira como o mundo organiza está de volta para transformar a maneira como embalamos. Marie Kondo, criadora do método KonMari e autora do livro mais vendido A mágica de mudar a vida de arrumar, acabou de colaborar com a marca de artigos de couro Cuyana, cujo lema é "menos, coisas melhores", para trazer ao mundo um conjunto de acessórios de viagem que o manterão organizado como sempre na próxima vez que você viajar.

O conjunto de três estojos pequenos destina-se a armazenar itens pequenos durante a viagem, evitando que os viajantes empacotem demais. O trio, disponível em três combinações de cores, se encaixa perfeitamente no cubo de jóias de Cuyana (US $ 115). O conjunto inclui uma caixa quadrada, circular e retangular longa. Kondo explica para CondГ © Nast Traveler que os estojos compactos foram inspirados nas caixas de bento japonesas. "As pessoas embalam arroz, acompanhamentos, salada e até sobremesa em caixas de bento com cuidado e amor", descreve Kondo. "Ter um conjunto de estojos menores funciona como um divisor e ajuda a armazenar itens no estojo de joias intuitivamente com alegria, assim como naquelas caixas bento".

Estojo Cuyana x Marie Kondo - Preto

Não surpreende que, quando Kondo se prepare para viajar, ela siga o mesmo método que utiliza ao organizar e manter um lar limpo e organizado. "Quando faço as malas para uma viagem, certifico-me de levar apenas as coisas que despertam alegria para mim, o que também me ajudaria a construir um ambiente confortável semelhante ao de casa", explica ela. "Por ter itens que eu sei que me apoiariam onde quer que eu vá, posso partir com uma sensação de alegria, emoção e conforto". O item que a própria Kondo leva no seu kit de viagem? Aroma pulveriza para limpar o ar em seu destino. "Eu os uso para purificar o ar, mudar o humor e relaxar antes de ir para a cama", diz ela.

Cuyana

Tudo o que você escolhe armazenar nos seus estojos, organizando por categoria em cada pequeno contêiner, Kondo insiste que você pode ser mais intencional sobre o que está trazendo, o espaço que ocupa e, finalmente, resistir ao excesso de embalagem. Melhor ainda, ela aconselha deixar entre 10% e 15% da sua mala completamente vazio ao fazer as malas. "Minha dica é pensar nesse espaço como espaço para lembranças da 'alegria da faísca'", diz ela. A colaboração de seu caso de viagem já está esgotada, mas estará de volta em estoque e disponível em 7 de maio.